► A (in)sensibilidade

zzzzzzzzzzzzzzzzzB1Ws5_pIYAAsiIe

A sensibilidade (ainda) é uma palavra vã.

Sim, quer-me parecer que não há obrigatoriedade de aliar a sensibilidade ao amor, mas que é imperioso que isso aconteça para o equilíbrio emocional da relação, lá isso é.

Enfim, creio que não se aprende a ser sensível: ou se nasce com esse ‘dom’ e tenta-se moldá-lo com maior ou menor dificuldade ou a pessoa com a falta dessa característica, certamente, nunca será feliz consigo própria.

A minha opinião fracturante, quiçá irrelevante, é que o mundo é de quem não sente. A condição essencial para se ser uma pessoa prática e pragmática é a total ausência de sensibilidade. Muitos lidam bem com essa falta de sentimentos.            

                                                                                                                                 … by Jota Ene  ©

Advertisements

Sobre © Jota Ene

Excessivamente rigoroso, determinado, meticuloso e perfeccionista. Desde já, quero agradecer a uma pessoa sem a qual este espaço não seria possivel, EU... JOTA ENE ©
Esta entrada foi publicada em Sem categoria. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Please log in using one of these methods to post your comment:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s